Your address will show here +12 34 56 78
Anticorrupção

O programa de compliance é fundamental para proteger sua empresa de ações ou escândalos envolvendo corrupção, e ainda reduzir o valor da multa implicada se for condenada. As grandes empresas estão gastando milhões. Mas será que o custo/benefício do investimento vale a pena para você? Quanto custa realmente um programa de compliance? A seguir, analisamos quanto é gasto na gestão de compliance. Isso inclui equipes, um profissional de compliance, como analista de compliance, e consultores.


Custo do profissional: Compliance Officer, Analista de Compliance e Gerente de Compliance

Ao avaliar o custo para a sua empresa, é preciso analisar as opções de implantação do programa de compliance. A primeira etapa é contratar um profissional de compliance. Normalmente é o chamado Compliance Officer, mas também pode ser o analista de compliance, gerente de compliance ou gestor de compliance. Este profissional geralmente é graduado na área de direito, mas outras graduações comuns são administração e economia.

Principalmente por causa na Operação Lava Jato, nos últimos anos a demanda por especialistas na área aumentou muito. De acordo com a empresa de recrutamento Robert Half, o salário médio mensal para o profissional de compliance varia entre R$ 12,7 mil e R$ 19 mil. No entanto, isso também varia de acordo com alguns fatores, como experiência.

Apenas um profissional normalmente é utilizado em empresas menores. Mas quanto maior a empresa, maior o custo de um programa de compliance adequado a ela. A opção para essas são as equipes. Empresas envolvidas em escândalos de corrupção, por exemplo, já contam com equipes de até 300 profissionais de compliance. Estão investindo milhões em programas, com orçamentos parecidos para os próximos anos.

Custo programa compliance

Custo de uma consultoria de compliance

Outra opção é uma consultoria, para empresas que não querem gastar com um programa fixo. Os custos de uma consultoria de compliance variam de acordo com o que é demandado e o porte da empresa. Para uma grande empresa, esse valor gira em torno de R$ 50 mil e R$ 3 milhões, e incluiria serviços como avaliação de riscos e instalação de um canal de denúncia, alguns dos pilares dos programas de compliance.

Se for uma empresa menor, uma opção é contratar apenas um profissional de compliance para fazer a consultoria. O valor pode ser calculado em salário por mês ou pelo custo por hora do consultor vezes a quantidade de horas solicitadas pela empresa. A média nacional nos Estados Unidos do salário de um consultor de compliance atualmente é de R$ 22.252,00 mensais ($ 5.765,00).

Também pode ser calculado por hora, que depende do valor cobrado por cada consultor, das horas que ele vai trabalhar, e dos serviços que ele irá realizar. Levando em conta todos esses fatores, o valor/hora de uma consultoria pode ficar entre R$150,00 e R$600,00. O consultor presta serviços, em média, 3 ou 4 vezes na semana. Mas é importante lembrar que tudo isso depende do trabalho solicitado, da experiência do profissional, tamanho da empresa, etc. E na sua empresa, quanto custa o seu programa de compliance?

0

Como fazer

Ter um programa de compliance já é um grande passo para a sua empresa. Você fica protegido legalmente de possíveis ações, atos de corrupção de funcionários, entre outros. Mas o compliance também tem outra funcionalidade muito importante. Ela tem a ver com a cultura da sua empresa. Afinal, não adianta só ter o seu programa se ninguém sabe que tem, ou se você não reflete a cultura de ética e compliance nas empresas na prática.

Mostrar ao mundo que a sua empresa está trabalhando para construir uma equipe que realmente valoriza as boas práticas no dia a dia contribui para a imagem da sua empresa. E além disso, ajuda a comprovar além de só documentos que você está comprometido. Isso pode trazer facilidades como redução de taxa de juros de bancos, por exemplo. Veja abaixo 3 recomendações para consolidar uma cultura de ética e compliance nas empresas.

Pesquisas de clima

Para estabelecer uma cultura de ética e compliance nas empresas, primeiro é preciso avaliar qual é o clima entre os funcionários. Para conseguir construir um sentimento de colaboração, todos precisam estar dispostos a participar do melhoramento da empresa e a seguir a cultura desejada. Para isso, é recomendável fazer pesquisas do clima. Perguntar o que os trabalhadores estão achando, se estão satisfeitos, etc. Ao tentar melhorar o ambiente de trabalho, você cria um clima favorável para implantar a cultura de compliance na sua empresa com sucesso.

Relacionamentos pessoais da alta direção

Uma prática simples, mas que inspira muita confiança, é a alta direção manter relacionamentos pessoais. Isso significa encontrar com clientes e colaboradores pessoalmente para dar o exemplo de ética e compliance nas empresas. Pode ser fazendo visitas aos diferentes locais de trabalho, participando de atividades da empresa, etc. Com isso, você cria o chamado efeito soft power. Ao dar o exemplo de ética e compliance de cima, da alta direção, cria-se um efeito cascata que espalha esse bom comportamento entre os demais stakeholders.

etica e compliance nas empresas

Comunicação interna e endomarketing

Finalmente, deve-se utilizar o endomarketing para disseminar a cultura desejada entre os funcionários e, consequentemente, para o público externo. Isso consiste em organizar eventos para os funcionários (lembrando sempre de incluir a alta direção, os “representantes” da cultura ética na empresa), treinamentos e campanhas internas de marketing sobre o tema.

Uma das ferramentas utilizadas por empresas para estimular essa comunicação é a Intranet. É um espaço comum onde todos podem compartilhar documentos, imagens e demais informações. O programa de intranet da Ímpeto, o Intrashare, inclusive pode ser integrado com o ClickCompliance. Ou seja, você tem ferramentas voltadas para a ética e compliance diretamente na plataforma de comunicação interna. Um exemplo seria o chatbot do ClickCompliance, que você pode conhecer aqui. Ele fica no dashboard do Intrashare para tirar dúvidas dos funcionários sobre compliance e as políticas da empresa.

0