preloader
Your address will show here +12 34 56 78
Fique por Dentro

Situação do agronegócio no Brasil em 2020

O agronegócio é um dos setores que mais crescem no Brasil. Ele move a economia nacional e, por isso, é cada vez mais importante que as empresas estejam de acordo com os padrões de conformidade estabelecidos através do Compliance no agronegócio. Assim, elas garantem a sustentabilidade dos negócios e da cadeia de produção como um todo.

Segundo contas realizadas pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) será 9,8% maior neste ano em relação a 2019. Assim, o faturamento do setor pode chegar a R$ 669,7 bilhões.

Dados como o citado acima, evidenciam a necessidade de novas regulamentações, leis e normas para o setor, o que traz à tona o tema compliance.

Além de garantir o cumprimento destas novas normas, as práticas de compliance incentivam a transparência e ética em todos os processos e relações que envolvem uma empresa. Logo, o programa é fundamental para garantir a competitividade saudável do setor e a manutenção de relações proveitosas entre as partes envolvidas, como produtores rurais, clientes, parceiros e investidores.

Neste artigo, iremos abordar quais são os 3 principais motivos para adotar um programa de Compliance no agronegócio.

Sustentabilidade ambiental

Começaremos com a sustentabilidade ambiental, pois este é um tema que vem sendo bastante discutido nos últimos tempos devido às grandes tragédias que aconteceram ultimamente. Por exemplo: o rompimento da barragem de Brumadinho, a contaminação do lençol freático de algumas regiões da cidade de Barcarena/PA, incêndios de florestas e vazamentos de óleo.

Os exemplos de tragédias ambientais mencionados acima foram causados por empresas que não dispunham de um eficiente programa de Compliance ou simplesmente falharam em algum dos processos. Seja na avaliação dos riscos, canal de denúncias ou até mesmo nas auditorias periódicas que devem ser feitas pelo setor.

Sendo assim, podemos concluir que é através do Compliance que as empresas poderão se moldar à adequação dos princípios, leis e normas que norteiam a aplicação do Direito Ambiental, dando plena efetividade à prevenção de riscos na esfera empresarial.

Ética e transparência frente aos parceiros e investidores

Empresas que possuem boa governança corporativa e estão em dia com as leis vigentes, ética e transparência, geralmente buscam se relacionar com outras que estejam na mesma situação que elas. Ou seja, implementar o Compliance traz vantagem competitiva para o seu negócio, pois as organizações que agem em conformidade terão mais chances de serem escolhidas por outros parceiros idôneos.

Não é novidade que o agronegócio está se tornando “a bola da vez”, assim como os desejados setores de consumo e varejo brasileiros para os investidores estrangeiros, principalmente fundos de private equity e fundos soberanos. Por conta disso, é fundamental que o Compliance no agronegócio seja prioridade dos empresários. Assim, se sinaliza a credibilidade do negócio em questão, atraindo esses investidores positivamente.

Aumento da produtividade e ganho de qualidade

O funcionário que trabalha em uma empresa que possui um efetivo programa de Compliance se sente mais seguro e engajado. Isso porque a postura ética e a transparência estão presentes em todas as ações que envolvem a organização. Além disso, é comprovado que o nível de estresse dos colaboradores influencia diretamente na produtividade e qualidade do serviço ou produto.

Outro ponto importante é a implementação de padrões de comportamento e ações voltadas para o cumprimento das normas técnicas e demais padrões estabelecidos pela empresa. Dessa forma, a eficiência operacional se torna uma consequência natural desses atos.

Outra característica de um programa eficiente de Compliance é a adoção de Manuais de Procedimentos, a fim de mapear as atividades e processos dentro da empresa com o objetivo de torná-las um guia operacional para todos os funcionários.

Podemos concluir que a necessidade do Brasil valorizar a sua produção agrícola e agregar valor aos seus produtos são os motivos principais por trás da implementação de um efetivo programa de Compliance.

Ou seja, ao estabelecer ações éticas, sustentáveis e de responsabilidade social, a empresa consegue se diferenciar no mercado e ampliar a sua competitividade. Com isso ela pode gerar ganhos futuros expressivos para a economia do país como um todo.
0