Português
Your address will show here +12 34 56 78
Programa de Integridade, Treinamento de Compliance
O engajamento dos profissionais de uma empresa através do treinamento de compliance é um dos principais pilares dos programas de compliance. As normas de conduta e os procedimentos criados para atender as legislações sobre ética, transparência e combate à corrupção só têm funcionalidade quando colocadas em prática por todos os funcionários. Isso porque a construção e a consolidação da cultura organizacional acontecem no dia a dia da empresa.

Para assegurar o envolvimento de toda a equipe, é necessária a disseminação das informações sobre as políticas de compliance no ambiente corporativo. “O investimento em comunicação e treinamento, a fim de educar e conscientizar toda a cadeia de valor da organização sobre compliance, é essencial para que o sistema seja efetivo”, informa o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

O órgão destaca, ainda, que essas políticas devem ser acessíveis e transmitidas de forma clara, objetiva e direta por meio de canais de comunicação já existentes na empresa, como jornal interno, lista de e-mails ou site. Para ter a certeza de que todos estão cientes das informações, o IBGC orienta que as empresas encaminhem documentos para serem assinados pelos funcionários atestando o conhecimento sobre as normas e os procedimentos estabelecidos.

O treinamento de compliance é outra medida que contribui para informar e promover o engajamento dos profissionais. O IBGC recomenda, inclusive, que para as áreas e as atividades consideradas de maior risco sejam oferecidas capacitações específicas. “O objetivo é habilitar as pessoas a executar essas atividades de forma mais segura, incluindo situações práticas, estudos de caso e orientações sobre como resolver eventuais dilemas”, afirma, sugerindo, ainda, que os treinamentos podem ser incluídos como obrigatórios aos funcionários.


Como realizar os treinamentos de compliance

Como realizar os treinamentos

O uso de plataformas de ensino a distância (EAD) para a capacitação de funcionários tem aumentado nos últimos anos, o que também abrange a oferta de treinamentos de compliance. Em 2020, quando a pandemia da Covid-19 chegou ao Brasil e apresentou a necessidade do distanciamento social, a realização dessas atividades de forma remota tornou-se uma opção para as empresas que ainda não faziam uso da modalidade.

A edição da pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil 2020-2021 mostrou que 44% dos treinamentos realizados pelas organizações do país nesse período foram na modalidade EAD. “Foi o ano do home office, quando ganharam destaque todos os serviços que oferecem comodidades e possibilidades por meio da tecnologia”, aponta o estudo realizado pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento.

Ainda de acordo com o estudo, em comparação com 2019, a realização de treinamentos presenciais reduziu 27%, enquanto capacitações on-line síncronas (com atividades ao vivo) aumentaram 200%.



Vantagens do EAD para treinamento de compliance

Vantagens do EAD para o compliance

Para a realização do treinamento de compliance, as plataformas digitais oferecem vantagens em comparação com o treinamento presencial, tais como:

  • Personalização do conteúdo;
  • Redução de custos com transporte e deslocamento;
  • Otimização do tempo da equipe, o que contribui para o aumento da produtividade;
  • Automatização de processos, como a verificação de participação dos funcionários;
  • Geração de relatórios com dados que podem ser analisados pela empresa.

O clickCompliance oferece soluções tecnológicas para a gestão de treinamentos. O software promove o engajamento da equipe por meio de storytelling e conteúdo multimídia customizáveis. O treinamento é disponibilizado na plataforma e pode ser acessado tanto pelo navegador, quanto pelo aplicativo. Ao final da capacitação, os participantes recebem um certificado personalizado que pode ser publicado nas redes sociais, contribuindo, assim, para a divulgação orgânica do programa de compliance.



Cuidados ao oferecer treinamento de compliance

Cuidados na hora de oferecer o treinamento

Na modalidade de ensino remoto, é importante estar atento a algumas questões na hora de oferecer o treinamento de compliance como, por exemplo:

  • Acessibilidade da plataforma: certifique-se que todos os funcionários terão condições de acessar os conteúdos, seja pelo computador ou por celular;

  • Participação dos colaboradores: é necessário que o treinamento seja amplamente divulgado para a equipe, que haja controle de presença e, se a empresa achar necessário, seguir a orientação do IBCG de colocar a atividade como obrigatória;

  • Didática dos conteúdos: outro aspecto fundamental é conseguir despertar o interesse dos colaboradores durante o treinamento. Afinal, no ensino a distância há maior competição pela atenção dele, seja com o que acontece em casa, as mensagens no celular ou os sites na internet. Para atrair o colaborador, vale a pena usar conteúdos multimídias e manter sempre uma linguagem clara, direta e objetiva.



Planejamento e prática do treinamento de Compliance

Planejamento e prática

O plano de treinamento deve ser criado pelo setor de compliance em parceria com a área de recursos humanos e ter realização periódica. O artigo nº 42 do Decreto nº 8.420, que regulamenta a Lei nº 12.846/2013, conhecida popularmente como Lei Anticorrupção, estabelece que a oferta de capacitação para a equipe deve ser um dos métodos de avaliação da eficiência do programa. Outros critérios estabelecidos pela legislação são o comprometimento da direção, os padrões de conduta e a análise periódica dos riscos.

Diferentes temas merecem atenção dentro de uma empresa e podem ser trabalhados com os funcionários durante os treinamentos de compliance. É importante, por exemplo, que a equipe esteja informada sobre a conduta no ambiente de trabalho; a oferta e o recebimento de brindes; o relacionamento com a Administração Pública e com terceiros; a Lei Geral de Proteção de Dados (Nº 13.709/2018); a prevenção contra fraudes e o combate à corrupção, bem como as informações sobre a Lei Anticorrupção (Nº 12.846/2013).


A importância de uma treinamento de compliance
Importância do treinamento de compliance

Treinar a equipe é uma forma efetiva não só de difundir as normas e os procedimentos de compliance como, também, fortalecer o sentimento de pertencimento nas organizações. Ao definir práticas que devem ser cumpridas por todos os funcionários, sem distinção, a empresa mostra a importância de cada um para a obtenção de bons resultados em conjunto. O treinamento de compliance contribui também para:

  • Fixar as regras e normas;

  • Aumentar o engajamento e a responsabilidade da equipe no combate à corrupção;

  • Produzir indicadores e relatórios sobre o conhecimento da equipe e o desempenho da empresa acerca do compliance;

  • Fortalecer a credibilidade da empresa no combate à corrupção;

  • Garantir a efetividade das práticas de compliance que foram adotadas.

Investir em treinamentos é, portanto, uma etapa fundamental para a realização dos programas de compliance e a concretização dos objetivos esperados pelas organizações. Para conhecer mais sobre como o clickCompliance pode auxiliar nessa tarefa, agende uma demonstração. Nossa equipe estará a postos para ajudar.

0