Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade

O poder do compliance organizacional: o que é, tipos e como implementar

Click to rate this post!
[Total: 1 Average: 5]
No cenário empresarial em constante evolução, compreender e aplicar o compliance organizacional torna-se crucial para o sucesso e a integridade das empresas.

Manter uma boa imagem no mercado é um desafio importante para os líderes empresariais. Empresas que abraçam o conceito de compliance organizacional destacam-se ao buscar acordos favoráveis, conduzir negociações bem-sucedidas e percorrer o caminho rumo ao êxito.

Aqueles que baseiam suas práticas nessas diretrizes acabam transmitindo uma imagem positiva para colaboradores e clientes, fortalecendo os laços de confiança e consolidando uma reputação favorável no mundo dos negócios.

Num cenário onde confiança e integridade são valores essenciais, o compliance organizacional atua como uma âncora que mantém as empresas sólidas. Ao adotar práticas éticas e estar atento às regulamentações, as organizações não apenas conseguem se manter, mas também têm a oportunidade de prosperar.

Neste artigo, explore o significado, os diversos tipos existentes e como implementar essa prática de forma eficaz. Boa leitura!

 

O que é compliance organizacional?

O compliance organizacional é como um compromisso sério que uma empresa assume para seguir todas as leis, regulamentações e padrões éticos que fazem sentido para suas operações.

Não é apenas uma questão de obedecer à lei, mas também uma estratégia para construir uma cultura na empresa que seja ética e transparente. É como se fosse um compromisso firme de fazer as coisas da maneira certa, não apenas porque é necessário, mas porque é a coisa certa a se fazer.


Qual é o significado do termo compliance?

A palavra “compliance” tem uma origem interessante no verbo “to comply”, que, traduzido ao pé da letra, significa cumprir. Por esse motivo, ao longo do tempo, a palavra passou a ser usada de uma maneira que remete a respeitar e seguir as regras e normas.

Contando um pouco da história, o termo compliance surgiu nos Estados Unidos nos anos 70, ligado à Lei Anticorrupção Transnacional, conhecida como Foreign Corrupt Practices Act (FCPA). Essa lei tinha o propósito de aumentar as penalidades para empresas envolvidas em práticas corruptas.

No Brasil, começamos a adotar esse termo nos anos 90, quando o país abriu suas portas para negociações com empresas estrangeiras. A partir desse momento, o governo implementou medidas para combater a corrupção, especialmente devido à grande competitividade que aumentava a tentação das empresas de burlarem as regras de compliance para ganhar vantagem sobre seus concorrentes.

O conceito de compliance organizacional ganhou ainda mais importância com a promulgação da Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013) no Brasil. Essa lei estabelece normas para a responsabilização administrativa e civil de empresas pela prática de atos contra a administração pública, seja nacional ou estrangeira. Ela veio para reforçar a necessidade de empresas agirem de forma ética e transparente em suas operações.

Entender o compliance vai além de simplesmente seguir regras; é uma postura que envolve respeito, transparência e responsabilidade, contribuindo para um ambiente de negócios mais íntegro e confiável.


Tipos de compliance

Existem diferentes facetas do compliance, e entender isso é fundamental para criar estratégias que realmente funcionem e atendam às variadas demandas impostas às empresas.

Compliance regulatório

O compliance regulatório é como um guia focado em seguir as regras específicas da indústria, garantindo que a empresa esteja em sintonia com as normas que estão em vigor. É como um mapa essencial para evitar punições e manter a credibilidade nos setores que estão sujeitos a regulamentações.

Compliance legal

O compliance legal é como um compromisso em cumprir as leis do país ou região onde a empresa atua. Isso não é apenas entender o sistema legal, mas também implementar medidas que protegem contra possíveis problemas legais, como uma espécie de guarda-chuva jurídico.

Compliance ético

O compliance ético vai além das obrigações legais. É como a bússola moral da empresa, priorizando valores e princípios. Empresas éticas não estão apenas preocupadas em seguir as leis; elas buscam a excelência moral em todas as suas operações, construindo alicerces sólidos baseados em integridade e responsabilidade.

Imagem: Freepik

 

Compliance como tendência

Com as transformações constantes no mercado e o surgimento de novas oportunidades e tecnologias, a capacidade de adaptação, a organização e a eficácia do compliance tornam-se mais importantes do que nunca. Dessa forma, empresas de todos os tamanhos precisam se preparar para atender às exigências legais.

A capacidade de se adaptar rapidamente é crucial, pois as mudanças, tanto no mercado quanto nas regulamentações e nas ferramentas tecnológicas, acontecem em um piscar de olhos.

Ir além da simples preparação para as tendências estabelecidas é essencial; é preciso ter flexibilidade para se ajustar a qualquer demanda que surgir, garantindo uma abordagem dinâmica e proativa diante das transformações do cenário empresarial.


Como implementar o compliance na sua organização

Para colocar o compliance organizacional em prática de maneira eficaz, é como se fosse necessário adotar uma estratégia bem pensada e abrangente. Vamos destacar alguns passos fundamentais:

Avaliação inicial

Realize uma análise detalhada das regulamentações relevantes para sua área de atuação. Identifique possíveis riscos e oportunidades para fortalecer a conformidade.

Desenvolvimento de políticas

Estabeleça políticas claras e abrangentes que abordem cada aspecto do compliance. Certifique-se de que toda a equipe compreenda e siga essas políticas.

Monitoramento contínuo

Implemente sistemas robustos de monitoramento para identificar possíveis violações de compliance. Auditorias regulares garantem a conformidade a longo prazo.

Treinamento

Investir em treinamento contínuo é vital para garantir que os colaboradores compreendam e sigam as políticas de compliance. Isso cria uma cultura de conformidade desde a base.

É como se estivéssemos construindo uma estrada sólida para o sucesso, onde cada passo é cuidadosamente planejado e implementado para garantir que a empresa esteja sempre no caminho certo.


Principais desafios do compliance organizacional

Muitas vezes, as empresas focam bastante em programas de integridade, o que faz com que os líderes acreditem que estão mantendo um sistema de compliance super eficaz. Claro, isso é fundamental, mas é crucial que a liderança entenda que isso não resolve tudo.

Para alcançar um verdadeiro compliance, é como se fosse necessário abraçar a causa de maneira completa, seguindo todas as normas, leis e políticas internas que são aplicáveis. A integridade é só o primeiro passo, não mais do que isso.

Na prática, adotar apenas uma parte do compliance pode expor a empresa a riscos maiores do que aqueles que ela tentou evitar. Os programas de integridade podem até passar uma sensação de segurança para a gestão, mas, na realidade, os processos internos podem criar passivos.

Erros e desvios que não são cobertos pelas ações de integridade podem acontecer, deixando a empresa vulnerável a autuações de órgãos fiscalizadores.

Mesmo que não seja algo fácil ou rápido de conquistar, implementar o compliance e incorporá-lo à governança deve ser o grande objetivo de qualquer empresa que busca ser íntegra. Sem essa abordagem, a marca pode até ter boas intenções, mas ainda há um longo caminho a percorrer para atingir um padrão verdadeiramente sólido.

Imagem: Freepik


Benefícios do compliance organizacional

As vantagens do compliance organizacional vão além do simples cumprimento de regras. Ele se tornou uma estratégia essencial para impulsionar o sucesso empresarial a longo prazo. A adoção dessas práticas oferece uma série de benefícios, incluindo:

 

  • Construção de reputação: empresas que se dedicam ao compliance constroem uma reputação sólida, baseada em confiança e integridade. É como se fosse o alicerce de uma boa relação, onde a transparência e a ética são os principais construtores.

  • Redução de riscos legais: o compliance efetivo funciona como um escudo, minimizando a exposição a processos judiciais e multas.

  • Destaque no mercado: as organizações que priorizam o compliance muitas vezes desfrutam de uma vantagem competitiva sustentável. Os consumidores modernos estão cada vez mais conscientes das práticas éticas das empresas, e escolhem apoiar aquelas que demonstram responsabilidade corporativa.

  • Processos mais eficientes: ao estabelecer procedimentos claros e transparentes, as empresas podem otimizar seus processos internos, reduzir a burocracia e melhorar a agilidade organizacional. Isso resulta em uma operação mais suave e eficaz em todos os níveis.

  • Comprometimento dos colaboradores: empresas que cultivam uma cultura de conformidade veem um maior comprometimento dos colaboradores. Quando os funcionários compreendem a importância do compliance e seu impacto positivo na empresa, eles se tornam agentes ativos na promoção de práticas éticas.


O Futuro do compliance organizacional

À medida que as regras do jogo evoluem, as empresas precisam abraçar tecnologias inovadoras, como os softwares de compliance, para se adaptarem de forma ágil.

Esses softwares automatizados são como aliados que facilitam o monitoramento, garantindo que tudo esteja em conformidade. Eles fornecem uma visão ampla das operações da empresa, como se fosse uma lente que enxerga todos os cantos.

Num cenário de negócios sempre em movimento, implementar o compliance organizacional de maneira eficaz não é apenas uma escolha, é uma necessidade. Ao adotar uma abordagem proativa, as empresas não só cumprem as regras do jogo legal, mas também constroem alicerces sólidos para o sucesso a longo prazo.






clickCompliance pode ajudar a sua empresa

Nosso software está à disposição para contribuir na criação de uma cultura organizacional ética, transparente e responsável na sua empresa. Com essa ferramenta, simplificamos a gestão dos programas de compliance e integridade.

Agende uma demonstração e explore como a clickCompliance pode ser uma parceira valiosa na sua organização!

Author


Avatar

Helen Lugarinho

Apaixonada por tudo o que envolve comunicação, compliance, cultura e pessoas! Novas histórias e desafios me movem.