Programa de Integridade, Programa de Integridade

5 tendências de Compliance que devem marcar o ano de 2024

Click to rate this post!
[Total: 2 Average: 4]
Todos os anos, novas tendências surgem e configuram o mercado corporativo. Neste artigo, abordamos o que deve nortear os próximos meses dos setores de compliance de acordo com os nossos especialistas.

Não é exagero afirmar que o mundo dos negócios está cada vez mais dinâmico e volátil. São mudanças constantes que impactam tanto a atuação das empresas quanto a dos profissionais, que precisam entendê-las e abraçá-las para se manterem relevantes no mercado.

Os setores de compliance das organizações, por sua vez, também são impactados por essas transformações. A área está evoluindo continuadamente, impulsionada sobretudo por mudanças nas regulamentações e legislações, avanços tecnológicos e pela crescente conscientização a respeito da integridade nas relações comerciais.

À medida que navegamos por tais mudanças, é necessário se adaptar de forma ágil. Por isso, conhecer as tendências que vão moldar o ano que se inicia é de suma importância.

Vamos descobri-las?


Tendência de Compliance #1: inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) veio para ficar! Em 2023, não só foi tema central de diversos debates, mas também se consolidou como uma ferramenta estratégica para diferentes setores, inclusive o compliance.

De acordo com o Anuário Compliance On Top, feito pela LEC em parceria com a Vittore, quase 60% das lideranças de compliance estão focadas em empregar as novas tecnologias, como IA, big data e machine learning, em suas rotinas de trabalho de maneira eficaz.

Essas ferramentas podem ser usadas pela área para:

  • Automatizar processos de monitoramento;
  • Melhorar a análise de dados;
  • Detectar riscos de forma mais rápida e precisa;
  • Facilitar o recebimento e interpretação de denúncias, dando mais celeridade às investigações;
  • Fornecer insights precisos e em tempo real sobre aspectos de conformidade.

Além disso, o mesmo documento aponta que 55% das lideranças de compliance estiveram envolvidas diretamente em projetos e discussões relacionados ao uso de inteligência artificial.

 

Tendência de Compliance #2: avaliação e bonificação

Ainda segundo o Compliance On Top, estudo que citamos anteriormente, as organizações, sobretudo as de grande porte, têm utilizado métricas de compliance para avaliar e bonificar seus executivos.

Cerca de 40% dos respondentes da pesquisa revelam que os indicadores de compliance são considerados de forma positiva ou negativa na hora de definir a bonificação concedida aos executivos.

Dessa maneira, não só as entregas realizadas, mas a conduta dos profissionais também é avaliada para conceder tais gratificações. Cada vez mais, a área de compliance se solidifica como um elemento relevante na gestão das empresas, se consolidando como uma cultura valorizada no mundo corporativo.

Imagem: Freepik


Tendência de Compliance #3: geração de dados

Você com certeza já ouviu dizer que os dados são as verdadeiras riquezas do mundo contemporâneo. Essa máxima também é válida para o compliance, à medida que o setor se estabelece como uma área mais estratégica e menos operacional.

Nesse sentido, acompanhar métricas, também chamadas de KPIs, e fazer reports frequentemente são importantes para:

  • Comprovar a eficácia do programa de compliance;
  • Mostrar o engajamento da equipe com temas relacionados ao assunto;
  • Demonstrar a importância do compliance para a alta liderança;
  • Conquistar mais recursos para o setor.

Estabelecer KPIs é o maior desafio da área

Apesar de ser fundamental, o estabelecimento de métricas que sejam compreendidas pela alta liderança da empresa é considerado o maior desafio por mais de 40% dos líderes de compliance.

Dessa forma, investir em ferramentas especializadas para automatizar a gestão do compliance é fundamental para gerar indicadores.

Na clickCompliance, por exemplo, todos os módulos foram desenvolvidos para gerar indicadores que auxiliam no acompanhamento do desempenho do seu programa de integridade.

Veja quais indicadores você pode acompanhar com os módulos da clickCompliance:

  • Análise da alocação de recursos
  • Identificação dos participantes nos treinamentos
  • Taxa de reconhecimento de políticas e procedimentos
  • Avaliação do conteúdo recebido no canal de denúncias
  • Contagem de incidentes de conformidade
  • Tempo necessário para resolver esses problemas
  • Monitoramento da conformidade de terceiros
  • Verificação da presença de multas ou penalidades



Tendência de Compliance #4: treinamentos mais curtos e assertivos

A conscientização sobre os temas de compliance é um desafio enfrentado pelos profissionais da área há vários anos. Os assuntos abordados requerem muita atenção, podem ser de difícil compreensão e, na maior parte das vezes, não são atrativos aos colaboradores.

A realização de treinamentos presenciais é cada vez mais escassa, diante dos novos modelos de trabalho (remoto e híbrido), além da dificuldade de ministrá-los quando a organização tem muitas filiais. Nesse sentido, investir em treinamentos online e que utilizam o método de microlearning é uma ótima maneira de engajar os funcionários.

Nesse modelo, os conteúdos são ministrados em pequenas doses e, assim, não impactam na produtividade dos colaboradores e facilitam o aprendizado em temáticas indispensáveis.





Tendência de Compliance #5: foco nas pessoas

Apesar da área de compliance ter sido criada em meados da década de 1990, ela se tornou mais relevante no Brasil em 2013, diante de escândalos de corrupção que assolaram o país e da promulgação da Lei Anticorrupção (Lei nº 12.846/2013).

Há 10 anos, os profissionais da área se dedicavam exclusivamente em combater as práticas ilegais, como fraude e suborno, que aconteciam dentro das organizações. A partir de agora, as questões relacionadas às pessoas também entram em pauta dos setores de compliance.

Dessa maneira, os compliance officers também devem trabalhar temas como:

  • Diversidade & inclusão de minorias raciais, da comunidade LGBTQIA+ e de pessoas neurodivergentes (diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista e Transtorno de Hiperatividade e Déficit de Atenção, por exemplo);
  • Combate à discriminação racial e ao assédio moral e sexual no ambiente de trabalho;
  • Questões ligadas aos direitos humanos, principalmente relacionados ao trabalho análogo à escravidão.


Acompanhe as tendências do setor com a clickCompliance

A equipe de tecnologia da clickCompliance está sempre atenta às tendências de Compliance para aprimorar o produto de forma que ele atenda às novas necessidades do setor.

Nosso software completo para a gestão do programa de integridade é dividido em módulos, desenvolvidos para gerar indicadores e relatórios automáticos e se integram com ferramentas de BI que a sua empresa já utiliza. Além disso, temos treinamentos sobre diversos temas que realmente engajam a sua equipe.

Quer saber como levar o seu compliance para o futuro? Agende uma conversa sem compromisso com o time da clickCompliance e descubra!

Author


Avatar

Helen Lugarinho

Apaixonada por tudo o que envolve comunicação, compliance, cultura e pessoas! Novas histórias e desafios me movem.