Ambiente de trabalho, Ambiente de trabalho, Ambiente de trabalho, Ambiente de trabalho, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade, Programa de Integridade

Gestão de pessoas precisa de compliance para obter bons resultados

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]
Entenda como a integração entre gestão de pessoas e compliance contribui para o sucesso dos negócios.

Em um primeiro momento, compliance e gestão de pessoas podem parecer assuntos distantes, mas, na verdade, essa combinação é mais importante do que se imagina. 

 

Num cenário em que os profissionais de recursos humanos enfrentam desafios complexos no trabalho de gestão de pessoas, o compliance chega como um aliado estratégico. Afinal, por meio de suas diretrizes, auxilia no cumprimento de regulamentos, normas e leis, visando a integridade e a ética nos negócios.

 

Nesse processo, há o envolvimento de toda a equipe, que recebe as orientações necessárias sobre a conduta desejada em diferentes situações. Como resultado, a empresa estabelece uma cultura organizacional responsável, transparente e participativa.

 

Para isso, é muito comum a parceria entre os profissionais dos setores de recursos humanos e compliance. Um exemplo é a condução compartilhada dos treinamentos de compliance para o esclarecimento de dúvidas da equipe.

 

A seguir, vamos detalhar como a interação entre a gestão de pessoas e o compliance pode ser realizada e trazer benefícios tangíveis para as empresas.

 

Boa leitura! 

 

O que é gestão de pessoas?

A gestão de pessoas é uma das atribuições dos profissionais de recursos humanos. Trata-se da área responsável por gerir os processos relacionados à administração dos colaboradores. 

 

Mas a prática não se limita apenas à gestão burocrática de funcionários, contemplando estratégias variadas para atrair, desenvolver, motivar e reter talentos. Ou seja, tem o papel de definir políticas e práticas para:

 

  • Recrutamento
  • Seleção
  • Treinamento
  • Avaliação de desempenho
  • Outras atribuições

 

A gestão de pessoas também inclui a promoção de uma cultura organizacional que reflita os valores e objetivos da empresa. Para isso, é importante uma comunicação interna eficaz, que assegure o engajamento dos colaboradores e, consequentemente, propicie um ambiente corporativo mais saudável. 

 

O trabalho de gestão de pessoas influencia diretamente a produtividade e a eficiência da equipe e, por isso, é imprescindível num mercado altamente competitivo. Nesse cenário, há desafios complexos, como a retenção de talentos, a manutenção de um ambiente de trabalho saudável e a adaptação às mudanças nas expectativas dos colaboradores. 

 

Neste contexto, o compliance chega como um aliado, pois ajuda a:

 

  • Engajar e orientar a equipe
  • Promover a conformidade legal
  • Fortalecer a cultura organizacional


Como implantar a gestão de pessoas?

Para realizar uma gestão de pessoas eficiente, é necessário usar estratégias e ter atenção aos detalhes. A seguir, vamos abordar alguns dos aspectos principais desse processo: 

Forneça treinamentos 

Um dos papéis do setor de recursos humanos é garantir que os colaboradores estejam em desenvolvimento contínuo. Os treinamentos são essenciais nesse sentido, pois podem ajudar a equipe a adquirir habilidades, conhecimentos e competências. Isso ajuda a aprimorar o desempenho individual e, consequentemente, leva ao crescimento e sucesso do negócio. 

Ofereça benefícios

Considerados indispensáveis para a atração e a retenção de talentos, cabe aos profissionais de RH a atribuição de gerir os benefícios da empresa. É importante conhecer o perfil da equipe para que as vantagens sejam realmente compatíveis e atrativas. Entre as possibilidades estão: 

 

  • Plano de saúde
  • Plano odontológico
  • Auxílio-creche
  • Vale-alimentação
  • Vale-refeição
  • Flexibilidade de horários 
  • Auxílio para exercícios físicos

 

Os benefícios podem aumentar o bem-estar e a satisfação dos funcionários, o que resulta em maior motivação e produtividade. Além disso, refletem o compromisso da organização com os colaboradores. 

Mantenha a motivação 

Muito se fala sobre motivação, mas são poucas as empresas que realmente empregam ações para garanti-la. Ter colaboradores motivados é um diferencial para o desempenho do negócio.

 

Reconhecer o trabalho, fornecer feedback construtivo e oferecer oportunidades de crescimento e desenvolvimento são maneiras eficazes de manter a equipe motivada e comprometida com os objetivos organizacionais.

Organize a comunicação interna

A comunicação interna de uma companhia é um dos aspectos mais importantes quando falamos sobre gestão de pessoas. Ela ajuda a manter todos os colaboradores informados e alinhados com a cultura organizacional.

 

Os profissionais de RH também são responsáveis por garantir que as informações cheguem a todos de forma clara, o que evita mal-entendidos e conflitos. Para isso, é comum a parceria entre o setor e a equipe de comunicação da empresa.

Tenha uma cultura organizacional clara e aberta

Seguindo a ideia de uma boa comunicação, a cultura organizacional também deve ser clara e aberta. É ela que define os princípios que a empresa valoriza. Também é um recurso importante para aumentar o senso de pertencimento entre os colaboradores. 

 

O código de conduta é uma das ferramentas usadas para dar clareza e abrangência aos valores da cultura organizacional.

Tenha uma avaliação de riscos

A avaliação de riscos é importante, pois permite que a empresa identifique possíveis desafios, como problemas de conformidade, disputas internas, recrutamento ou desempenho.

 

Há uma relação direta entre gestão de riscos e compliance. A avaliação dos processos da empresa é o primeiro passo para a definição das diretrizes de conformidade que serão adotadas pela empresa.

 

A avaliação de riscos busca minimizar as possibilidades de descumprimento da legislação vigente, o que pode ocasionar prejuízos financeiros e danos à reputação. 

 

Tenha um programa de compliance completo

Aqui chegamos ao principal aspecto abordado neste conteúdo: o compliance tem um papel fundamental na gestão de pessoas. Afinal, é preciso garantir que as políticas de recrutamento, seleção, treinamento, avaliação e todas as outras atividades estejam alinhadas com os requisitos legais e éticos. 

 

A seguir, vamos detalhar como funciona essa relação entre o compliance e o RH.

Imagem: Freepik

 

Como o compliance atua na gestão de pessoas?

Agora que você já entendeu o que é gestão de pessoas e como implementá-la na sua organização, vamos compreender a sua relação com o compliance. 

Práticas de compliance para a gestão de pessoas

O compliance na gestão de pessoas requer práticas específicas para garantir que os procedimentos estejam em conformidade com a legislação. Veja, abaixo, algumas delas:

 

  • Revisar e atualizar as políticas de RH; 
  • Oferecer treinamentos sobre questões de compliance;
  • Informar sobre leis de igualdade, discriminação e segurança no trabalho; 
  • Manter registros de contratação e outros processos do setor. 


Desafios do compliance na gestão de pessoas

As leis trabalhistas podem parecer complexas, por isso, estar em conformidade é um desafio. Na prática, os regulamentos variam de país para país, sendo necessário estudar e manter-se atualizado. 

 

Além das diferenças na legislação, as variações culturais e sociais também podem afetar na gestão de compliance. O que é considerado aceitável e ético no local de trabalho pode variar. Por isso, as diretrizes internas precisam ser sensíveis e se adaptar às expectativas locais, sem perder de vista as leis regulamentares. 

 

Um software de compliance pode ser uma solução eficaz para a organização, pois oferece recursos variados. A tecnologia ajuda a reduzir esforços para rastrear e avaliar dados e, consequentemente, agiliza e dá maior precisão aos processos. 

Papel do RH na implementação do compliance na gestão de pessoas

É importante esclarecer que a implementação e a adoção de práticas de compliance não é uma responsabilidade exclusiva do setor de Recursos Humanos. Geralmente, o programa de conformidade é desenvolvido por uma equipe ou profissional de compliance com conhecimento jurídico. Portanto, o papel do RH é colaborativo. 

 

Os profissionais de RH ficam responsáveis pela integração das práticas de compliance no cotidiano da empresa. Ou seja, o setor de recursos humanos atua como uma ponte entre as políticas de compliance e a equipe, garantindo que as diretrizes éticas e legais sejam compreendidas e incorporadas no comportamento diário dos colaboradores.

 

No entanto, também cabe ao setor garantir o cumprimento do compliance em sua rotina de trabalho, o que inclui as atividades da gestão de pessoas. Para isso, é necessário:

 

  • Assegurar que todos os procedimentos estejam de acordo com as leis trabalhistas, normas de sindicatos e outros regulamentos aplicáveis ao setor; 
  • Garantir a proteção de dados dos candidatos que participam dos processos seletivos e dos funcionários contratados; 
  • Oferecer suporte para a realização de treinamentos de compliance;
  • Criar manuais acessíveis e compreensíveis para todos os colaboradores, detalhando as políticas de compliance; 
  • Incluir treinamentos de compliance no processo de integração (onboarding) de novos funcionários. 

Imagem: Freepik

 

Quais as vantagens do compliance na gestão de pessoas?

A relação entre compliance e gestão de pessoas já ficou clara, mas quais as vantagens dessa colaboração? Confira!

Reduzir processos trabalhistas

Processos trabalhistas tendem a ser caros e demorados. Além disso, afetam negativamente a imagem da organização. 

 

Estar em conformidade com leis e regulamentos trabalhistas minimiza os riscos de litígios legais. Dessa forma, a empresa economiza recursos e preserva a sua reputação. 

Promover transparência para os públicos interno e externo

Transparência gera confiança e indica que a organização atua de maneira ética e responsável. A comunicação aberta sobre as políticas de compliance e os esforços para cumpri-las cria uma imagem positiva da empresa, que é fundamental para manter relacionamentos duradouros com colaboradores, consumidores e parceiros.

 

O canal de denúncia via whatsapp é um exemplo de ferramenta que ajuda a promover a transparência de forma prática e descomplicada. Por meio dele, é possível realizar denúncias de forma anônima, diretamente do celular. 

 

A ferramenta promove uma interação entre o chatbot e o denunciante em tempo real, com perguntas dentro do contexto da denúncia para preencher possíveis lacunas de informação.



Consolidar a cultura organizacional

O compliance ajuda a fortalecer valores, princípios e crenças da organização. Quando as práticas de conformidade estão alinhadas com a cultura organizacional, os colaboradores se sentem mais conectados e comprometidos com seus objetivos e valores. 

Fomentar contratações alinhadas com objetivos da empresa

Como mencionado anteriormente, a contratação de colaboradores é uma das atribuições  dos profissionais de RH. Um programa de compliance eficaz pode ajudar a garantir que o processo de recrutamento e seleção esteja alinhado com os objetivos da empresa. 

Reduzir o turnover

Colaboradores que se sentem valorizados e trabalham em um ambiente ético são mais propensos a permanecer na empresa. Um dos desafios do RH é a retenção de pessoas, pois a substituição de funcionários é custosa. O compliance ajuda a promover esse ambiente mais transparente. 


clickCompliance ajuda na gestão de pessoas

Com integrações eficientes e um design profissional, o clickCompliance torna o trabalho de compliance mais simples e eficaz, auxiliando nas práticas de gestão de pessoas. 

 

Agende uma demonstração e descubra como nosso software pode ajudar a fortalecer a cultura organizacional e o bem-estar na sua empresa!

Author


Avatar

Helen Lugarinho

Apaixonada por tudo o que envolve comunicação, compliance, cultura e pessoas! Novas histórias e desafios me movem.